Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Notícias
  4. Série Oração do Cristão

26/04/2021

Série Oração do Cristão

Oração a São José dormindo

Série Oração do Cristão - Notícias - Arquidiocese de Goiânia

O silêncio da obediência e profecia de um intenso e misterioso diálogo com Deus

 

São José é, indiscutivelmente, o santo, ainda que abaixo da Virgem, com maior número de devotos no mundo inteiro e os motivos são bastante evidentes: pai adotivo de Jesus, esposo da Virgem Santíssima e era um homem justo (cf. Mt 1,24; Lc 1,27).

 

A devoção popular é uma sincera e fervorosa benevolência e afeição aos santos da Igreja Católica e se dá por observâncias das práticas religiosas, privada ou comunitária, expressas através de várias formas de orações, notoriamente, praticadas distante de qualquer forma de superstição. E uma das devoções que apareceram recentemente por parte dos fiéis católicos é a veneração à “São José dormindo”.

 

Pode parecer até estranho uma devoção que nos apresenta alguém que exerce parte importante do seu ministério no projeto divino, dormindo. Contudo, a partir dos comentários do papa Francisco, fica muito claro que a mística profética que envolve o sono de São José é de fato uma expressão extraordinária de um homem que a todo momento está decidido em viver a justiça de Deus, isto é, se adequar sempre ao querer Divino.

 

A devoção foi prodigiosamente difundida nas Filipinas em 2015 quando o papa Francisco afirmou que há vários anos rezava diante da imagem de São José dormindo. Declarou o Santo Padre: “Eu gostaria de dizer a vocês também uma coisa muito pessoal. Eu gosto muito de São José porque é um homem forte e de silêncio. No meu escritório eu tenho uma imagem de São José dormindo, e dormindo, ele cuida da Igreja. Quando eu tenho um problema ou uma dificuldade, eu o escrevo em um papelzinho e o coloco embaixo da imagem de São José, para que ele sonhe sobre isso. Isso significa: para que ele reze por este problema”.

 

Segue a Oração:
“Ó glorioso São José, a quem foi dado o poder de tornar possível as coisas humanamente impossíveis, vinde em nosso auxílio nas dificuldades em que nos achamos. Tomai sob vossa proteção a causa importante que vos confiamos, para que tenha uma solução favorável. Ó Pai muito amado, em vós depositamos toda a nossa confiança. Que ninguém possa jamais dizer que vos invocamos em vão. Já que tudo podeis junto a Jesus e Maria, mostrai-nos que vossa bondade é igual ao vosso poder. São José, a quem Deus confiou o cuidado da mais santa família que jamais houve, sede, nós vos pedimos, o pai e protetor da nossa, e impetrai-nos a graça de vivermos e morrermos no amor de Jesus e Maria. São José, rogai por nós que recorremos a vós”.

Teologicamente a oração e a devoção têm suas significâncias bastante seguras, pois é atestado a partir da Sagrada Tradição, Sagrada Escritura e Magistério. De fato, São José é muito pouco citado nos Evangelhos, aparecendo somente de forma explícita e silenciosa nos Evangelhos de Lucas e Mateus.

 

Mas o silêncio de São José é um grito de obediência e seguimento a Deus. Para a Virgem Maria o anjo aparece em sua presença e traz a Boa Nova, para José, ele aparece enquanto o santo dormia. Em sonho, o anjo aparece a São José, primeiramente, para que o santo aceitasse Maria como esposa, pois a gravidez dela era uma ação divina (cf. Mt 1,19-23), depois na fuga para o Egito (cf. Mt 2,13-15), mais uma vez em sonho para que retornasse para Israel após a morte de Herodes (cf. Mt 2,19-21) e, por fim, para que pudesse dirigir em segurança para a região da Galileia (cf. Mt 2,22-23).

 

Verdadeiramente, São José, quando dormia, estava em um intenso e misterioso diálogo com Deus e isso faz do santo um homem feliz, juntamente com sua esposa, a Santíssima Virgem e seu filho, Jesus Cristo. Segundo o papa Francisco, na Carta Apostólica Patris Corde “a felicidade de São José não se situa na lógica do sacrifício de si mesmo, mas na lógica do dom de si mesmo [...]. O seu silêncio persistente não inclui lamentações, mas sempre gestos concretos de confiança”.

 

São José, no silêncio do sono e na postura de vida justa, revela o coração de um amado pai de ternura, de obediência, que sabe acolher o Filho de Deus, de coragem criativa, trabalhador e um grande pai na sombra, isto é, a sombra na terra do Pai celeste, aquele que guarda e protege o menino Jesus.

 

São José, rogai por nós.

 

Pe. Vilmar Barreto

 

Confira aqui as orações anteriores:

 

1º - Pai Nosso, a oração do senhor

 

2º-  Ave-Maria, a oração de exultação e súplica

 

3º - Salve Rainha: a oração de quem confia sua vida à proteção da Virgem Maria

 

4º - Eu creio: a profissão de fé cristã

 

 - Santo Anjo do Senhor, companheiro de todo tempo

 

6º - “À vossa proteção”: a oração mariana mais antiga


7º - “Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz” A oração simples


8º - Como “coisa e propriedade” Vossa!

 

9º - Pelo sinal da Santa Cruz: Livra-nos do mal
 

10º - Ave Regina Caelorum: Oração, poesia e canção
 

11º - Ato de Contrição: Dor da alma e abominação do pecado
 

12º -Tão Sublime Sacramento: libertando o cristão da escravidão do pecado
 

13º -A oração do Regina Caeli