Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Notícias
  4. Série Oração do Cristão

07/12/2020

Série Oração do Cristão

“À vossa proteção”: a oração mariana mais antiga

Série Oração do Cristão - Notícias - Arquidiocese de Goiânia

“À vossa proteção recorremos, Santa Mãe de Deus; não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades; mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita. Amém”.

 

A convicta confiança na proteção da Santa Mãe de Deus sempre foi motivo de súplica do fiel católico que clama a intercessão eficaz da Virgem Maria. Provavelmente a primeira oração mariana em forma de súplica seja a “Sub tuum praesidium” (à vossa proteção), que é rezada há vários séculos nas Igrejas ocidentais e orientais. A oração, simples e fácil de guardar no coração do fiel, entrou até na Sagrada Liturgia como uma das possibilidades de oração das completas, a última oração do dia que antecede o grande silêncio nos mosteiros, nas congregações religiosas, institutos, seminários e na vida cotidiana dos sacerdotes e diáconos.

 

Acredita-se que a oração tenha sido composta pelos cristãos entre os séculos II e IV d.C., devido a descrição das súplicas:

 

“À vossa proteção recorremos” – Os primeiros séculos da era cristã foram marcados por perseguições e martírios de homens e mulheres. Assim, várias vezes toda a família era dizimada pelo simples e honroso fato de serem cristãos, que viviam a catolicidade autêntica e não se prostravam diante de imperadores, adorando somente ao Deus único. É bastante coerente que os cristãos, reconhecendo a intercessão da Virgem Maria, pudessem suplicar a Ela a proteção contra os perigos atuais.

 

“Santa Mãe de Deus” – A doutrina da Santa Igreja definiu em 431 d.C. no Concílio de Éfeso, o mais importante dogma mariano, o “Theotókos”, Mãe de Deus. O dogma confessa que o Emanuel é verdadeiro Deus e que, consequentemente, a santa Virgem é progenitora de Deus Filho, pois deu à luz o Verbo, que procede de Deus e se faz carne. É interessante que, na oração, haja essa definição dogmática. Essa é uma prova de que Maria já era reconhecida pelos cristãos dos primeiros séculos como “Mãe de Deus”.

 

“Não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades; mas livrai-nos sempre de todos os perigos” – Encontramos fragmentos da liturgia dos primeiros cristãos em seus encontros dominicais na oração do Pai Nosso: “mas livrai-nos do mal”. A fórmula, “mas livrai-nos do mal”, adorna a harmonia da oração mariana com “mas livrai-nos sempre de todos os perigos”.

 

“ó Virgem gloriosa e bendita” – Durante o canto do Magnificat, Maria, transbordante do Espírito Santo, afirma que “desde agora, todas as gerações me proclamarão bem-aventurada” (Lc 1,48) e, de fato, a primeira oração mariana faz-lhe a reverência de bendita. Maria também é chamada de “Virgem”, o que é totalmente compreensível que, em uma oração dos primeiros séculos, ela receba esse título, já que, na Antiguidade, nunca foi contestada sua virgindade, ao contrário, a Santa Mãe de Deus sempre foi vista como modelo de integridade, tanto espiritual quanto física, para todos os cristãos. O dogma da virgindade perpétua (Aeiparthenos), enquanto verdade de fé, que professa que Maria é virgem antes do parto, no parto e depois do parto, foi proclamado em 7 de agosto de 1555, por Paulo IV.

 

Atestando a veracidade de que a oração denominada de “À vossa proteção” tenha sido elaborada nos primeiros séculos, ela foi encontrada no ano de 1927, no Egito, em um fragmento de papiro que remonta ao século III.  No papiro estava a oração “Sub tuum praesidium”.

 

Em 2018, o santo padre papa Francisco convidou os fiéis a confiarem e se aproximarem de Maria nas horas de perigo, recordando: “Nos momentos turbulentos, precisamos nos recolher sob o manto da Santa Mãe de Deus, sempre aberto para nos acolher”.

 

Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós.

 

Pe. Vilmar Barreto

 

Confira aqui as orações anteriores:

 

1º - Pai-Nosso, a Oração do Senhor

 

2º - Eu creio: a profissão de fé cristã
 

3º - “Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz” A oração simples