Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Notícias
  4. Série Oração do Cristão

18/02/2021

Série Oração do Cristão

“Levai as almas todas para o Céu”: o desejo de Nossa Senhora de Fátima

Série Oração do Cristão - Notícias - Arquidiocese de Goiânia

Nas várias formas de expressar nossa intimidade com Deus, através da oração, podemos fazê-la com as “jaculatórias”. O termo Jaculatória, do latim, Jaculatum, significa “jato”, espiritualmente, trata-se de pequenas orações em forma de invocações voltadas a Deus. Quando rezamos as jaculatórias estamos, de forma simples e humilde, reconhecendo a grandiosidade de Deus, honrando e louvando algum santo.

 

Existem várias formas de rezar as jaculatórias e não necessariamente devem ser instituídas pelas Santa Igreja ou retiradas da Sagrada Escritura, já que, em vários momentos são os fiéis leigos, através das devoções que elaboram, por vezes em forma poética, essas breves orações que costumam iniciar ou finalizar uma outra oração maior, por exemplo: “Jesus, eu confio em Vós”; “Jesus, filho de Davi, tende compaixão de mim”; “Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo: para sempre seja louvado”; entre outros.

 

No catecismo de São Pio X, nos números 977 e 985, é recomendada a oração da jaculatória como forma vencer as tentações e como contemplação diária: “Quando nos vemos atormentados por alguma tentação, devemos invocar com fé o Santíssimo Nome de Jesus ou de Maria, ou recitar fervorosamente alguma oração jaculatória, como, por exemplo: ‘Dai-me a graça, Senhor, que eu nunca Vos ofenda’.[...] É muito útil recitar, durante o dia, muitas jaculatórias, e podem recitar-se também com o coração, sem proferir palavras, caminhando, trabalhando, etc.”

 

Uma das jaculatórias mais conhecidas e rezadas está no santo Rosário: “Ó meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o Céu, principalmente aquelas que mais precisarem”. Essa oração tem um grande diferencial, pois foi Maria Santíssima, em sua aparição em Fátima, no ano de 1917, quem pediu para que os três pastorzinhos rezassem durante o santo Terço.

 

A mensagem de Nossa Senhora de Fátima é um amoroso comunicado e pedido de conversão e de arrependimento, com o objetivo de levar as almas ao Céu, evitando o sofrimento eterno no inferno junto a Satanás e seus anjos.

 

O teor teológico e bíblico desta jaculatória demonstra claramente o quanto a Virgem Santíssima está preocupada com a salvação da humanidade: “Livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o Céu”.

 

“Livrai-nos do fogo do inferno”

O termo Inferno - Infernum (latim) - significa etimologicamente “as profundezas” ou o “mundo inferior”. O inferno é a frustração definitiva da vocação humana, que é a comunhão com Deus no amor. Isto é, a essência do inferno é não poder mais amar nem ser amado e viver eternamente infeliz (cf. Mt 10,28; Mt 5,22.29,30; Mc 9,43-44; 6,16).


O inferno não é uma hipótese, mas uma realidade possível da própria liberdade humana vivida de forma errônea, negando a Deus criador e não crendo em Nosso Senhor Jesus Cristo (cf. Jo 3,18).

 

“Levai as almas todas para o Céu”

Nas bem-aventuranças Jesus diz que os puros de coração verão a Deus (cf. Mt 5,8). Afirma o Catecismo que “só um coração puro pode dizer com segurança: Venha a nós o vosso Reino” (CIC 1720). Logo, quem se conserva puro em suas ações, em seus pensamentos e em suas palavras pode dizer a Deus: “Venha o vosso Reino”.

 

O Reino se inicia com a plenitude dos tempos (cf. Gl 4,4). A busca desse Reino começa na vida do dia-a-dia, já que em Jesus, “o Reino de Deus está próximo” (Mc 1,15) e convoca à conversão e à fé, como também, à vigilância (cf. CIC CCE 2612).

 

Peçamos a Virgem Maria para que possamos adorar Jesus, seu Filho e Nosso Senhor e que ele perdoe nossos pecados, livra-nos do fogo do inferno e, que no fim de nossa caminhada terrestre, possa levar nossas almas ao Céu.

 

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós

 

Pe. Vilmar Barreto

 

Confira aqui as orações anteriores:

 

1º - Pai Nosso, a oração do senhor

 

2º-  Ave-Maria, a oração de exultação e súplica

 

3º - Salve Rainha: a oração de quem confia sua vida à proteção da Virgem Maria

 

4º - Eu creio: a profissão de fé cristã

 

 - Santo Anjo do Senhor, companheiro de todo tempo

 

6º - “À vossa proteção”: a oração mariana mais antiga


7º - “Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz” A oração simples


8º - Como “coisa e propriedade” Vossa!

 

9º - Pelo sinal da Santa Cruz: Livra-nos do mal
 

10º - Ave Regina Caelorum: Oração, poesia e canção
 

11º - Ato de Contrição: Dor da alma e abominação do pecado
 

12º -Tão Sublime Sacramento: libertando o cristão da escravidão do pecado