Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Vida Cristã
  4. Quaresma

13/03/2019

Quaresma

Caminho de volta ao amor do Pai!

Quaresma - Vida Cristã - Arquidiocese de Goiânia

Jesus, o filho único de Deus, veio ao mundo para cumprir os planos do Pai em favor dos homens. Para isso, encarnou na nossa história humana, correu o risco de assumir a nossa fragilidade, partilhou a nossa humanidade. E, como consequência de uma vida gasta na luta contra as forças do pecado e da morte, que escravizam os homens, foi torturado e morto numa cruz. A cruz é o último ato de uma vida vivida por amor, na doação e na entrega total. A cruz é, portanto, a expressão suprema do amor de Deus pelos homens. Ela dá-nos a dimensão do incomensurável amor de Deus pela humanidade, a quem Ele quis confiar o tesouro da salvação.

 

 Diante da oferta da salvação que Deus faz, o homem tem que fazer a sua escolha. Quando o homem aceita a oferta de Jesus e adere a Ele, escolhe a vida definitiva, mas, quando o homem prefere continuar escravo de esquemas do egoísmo e da autossuficiência, recusa a proposta de Deus e rejeita a salvação. Mesmo assim, essa oferta nunca é retirada; continua à espera da resposta humana até a morte.

 

Por conseguinte, a Quaresma é um tempo privilegiado de peregrinação interior na busca Daquele que é a fonte da verdadeira vida. Aos que já deram a sua resposta, é tempo de rever como tem sido a correspondência diária à Presença de Deus atuante em sua vida; dar- -se conta do quanto distanciaram ou não do projeto de Cristo. Aos que ainda procuram insaciavelmente a fonte da verdadeira felicidade, é tempo de conhecer melhor Sua palavra e Suas obras, a fim de ter um encontro profundo com o amor misericordioso do Pai.

 

O tempo quaresmal, quer ser ainda, para todos e, especialmente para os batizados, um caminho; caminho que percorramos juntamente com Cristo, caminho de mais obediência filial, de maior entrega aos irmãos, de mais oração e renúncia; caminho para a Páscoa; caminho para morrer e ressuscitar com Cristo. Tudo isso através de uma escuta aprofundada da sua Palavra e dos exercícios quaresmais que nos ajudam na conversão do coração.

 

Não se trata simplesmente de deixar de lado algumas coisas ou pecados, por algum tempo; trata-se de dirigir inteiramente a si mesmo para Alguém e assim reorientar o seu caminhar. Não existe caminho com Deus, sem uma conversão diária.

 

A conversão é um caminho de voltar o coração a Deus, pois “toda árvore é reconhecida pelos seus frutos. Não se colhem figos de espinheiros, nem uvas de plantas espinhosas” (Lc 6,44). Os atos evidenciam a cada momento onde está o tesouro do nosso coração, se estamos nos aproximando ou nos afastando de Cristo.

 

Jesus veio trazer a salvação integral para o homem. Assim, é preciso guiar o mundo para Deus, para uma globalização mais integral dos valores terrenos e eternos, e não permitir uma secularização crescente da salvação. Não permitamos que o desenvolvimento e as tecnologias tirem Deus do mundo, mas que elas nos ajudem a reconhecer o Criador de toda inteligência humana. Como Maria, nesta Quaresma, permitamos que Deus faça parte do nosso caminho e, assim, conduzamos o mundo para Deus, que é o Caminho.


Ir. Clébia de Jesus Caixeta
Instituto Coração de Jesus