Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Notícias
  4. Nota de Falecimento

26/03/2020

Nota de Falecimento

Pe. Francesco Nisoli

Nota de Falecimento - Notícias - Arquidiocese de Goiânia

É com pesar que comunicamos o falecimento do Pe. Francisco Nisoli. Por 30 anos ele serviu a Igreja no Brasil e, por muitos anos, a Arquidiocese de Goiânia como Missionário Fidei Donum. Hoje, depois de uns dias de internação, com 71 anos, faleceu em Cremona, por causa da COVID-19. Pedimos orações em  sufrágio.

 

Algumas horas após a morte de Dom Arnaldo Peternazzi, Caravaggio recebeu notícias do desaparecimento de outro padre que passou muito tempo em uma missão. Tratava-se de Dom Francesco Nisoli, 71 anos, colaborador, desde 2017, na Paróquia de Santos Fermo e Rustico, em Caravaggio (BG). No domingo, 23 de março, ele havia sido hospitalizado no hospital Treviglio devido ao agravamento dos sintomas atribuídos ao coronavírus. Quinta-feira, 26 de março, à noite, morte.

 

Dom Francesco Nisoli, originalmente da paróquia de Brignano Gera d'Adda, nasceu em 11 de fevereiro de 1949. Ordenado sacerdote em 22 de junho de 1974, iniciou seu ministério como vigário paroquial na área de Bergamo, primeiro em Covo (1974-1982) e depois em Pumenengo (1982-1987). Em 1987, tornou-se pároco de Cella Dati.

 

Depois de um ano a decisão de partir para a missão. Por quase 30 anos, de 1989 a 2017, ele foi missionário na América Latina como "fidei donum": exerceu seu ministério como pároco da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima Taraqual , nos arredores de Goiânia.

 

De volta à diocese, colocou-se a serviço da Paróquia de Caravaggio como colaborador.

 

"Depois de uma vida passada em uma missão - lembra Dom Antonio Napolioni - ele entrou na diocese com serenidade e disponibilidade, colocando-se à disposição da comunidade de Caravaggio com um grande espírito de serviço e comunhão". "Uma grande perda", conclui o bispo, abordando um pensamento de condolências não apenas pelos padres que desapareceram nos dias de hoje, mas também por estar perto de todas as famílias que estão chorando neste momento.

 

(Fonte: TeleRadio Cremona Cittanova)