Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Arquidiocese
  3. Palavra do Arcebispo
  4. A formação a partir da Palavra de Deus

29/09/2019

A formação a partir da Palavra de Deus

Caríssimos irmãos e irmãs,

 

Encerraremos, nesta semana, as reflexões propostas para o Mês da Bíblia, apresentando um pouco mais do conteúdo publicado no Documento Pós-Sinodal “A palavra de Deus na vida e missão da Igreja particular de Goiânia”. Gostaria de tratar sobre o serviço dos leigos no anúncio do Evangelho.

 

Alegra o coração dos pastores a presença de numerosos ministros não ordenados atuando na Igreja particular de Goiânia. O primeiro Sínodo Arquidiocesano reafirmou a importância dessa colaboração ministerial de religiosos e fiéis leigos, em estreita comunhão com os ministros ordenados, na ação evangelizadora.

 

Para a formação dos leigos, em vista da ação evangelizadora, temos a Escola Arquidiocesana de Ministérios. Ela está sob a responsabilidade de um presbítero nomeado pelo arcebispo. Com ele, outros presbíteros, diáconos, religiosos e fiéis leigos assumem cada uma das áreas específicas de formação, segundo as exigências de cada ministério.

 

Como parte desta escola deverá ser constituída uma Escola para Evangelizadores, com o intuito de preparar missionários para as comunidades paroquiais. Os evangelizadores deverão estimular a programação missionária nas comunidades e nos diferentes ambientes da sociedade nelas presentes. Desejamos que os evangelizadores testemunhem o valor da vida comunitária, sempre nucleados em Comunidades de Serviço – Comunidades de Evangelizadores. A Escola para Evangelizadores deverá também oferecer formação para o anúncio querigmático aos catequistas, pregadores, ministros da Palavra, diáconos e presbíteros, bem como aos agentes das pastorais que, testemunhando a caridade de Cristo de múltiplos modos, também podem levar o anúncio do amor do Pai e da presença salvadora do mesmo Jesus Cristo àqueles que encontrarem.

 

A missão do catequista, sempre importante na vida das comunidades, assume em nossos dias um papel único e imprescindível para a transmissão e educação na fé. Diante da ausência dos tradicionais lugares de formação cristã, o catequista será para muitos contemporâneos a grande referência na comunidade católica. Por isso, associada à Escola de Ministério, começamos a Escola para Catequistas. Ela deverá ser impulsionada novamente e terá a responsabilidade e a missão de oferecer cursos para a formação inicial e permanente dos catequistas. Em vista de qualificar o trabalho desta Escola, no que diz respeito aos locais, conteúdos, prazos e metodologias, elaborou-se o Diretório Arquidiocesano para a Catequese, que deverá ser atualizado, com uma proposta que possa ser adaptada às diversas necessidades presentes na Arquidiocese de Goiânia.

 

Todas essas estruturas servem, em última instância, para qualificar o anúncio do Evangelho em nossa Arquidiocese. Todos são chamados a cooperar. Por isso, gostaria de terminar as reflexões deste mês da Bíblia convocando todos os cristãos a voltarmos às fontes da nossa fé, que são as Sagradas Escrituras, tirando dela o nutrimento da nossa caminhada e encontrando nela forças para continuar dando Cristo ao mundo.

 

Dom Washington Cruz, CP
Arcebispo Metropolitano de Goiânia