Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Notícias
  4. São Josemaria Escrivá, “o santo do ordinário”

05/07/2018

São Josemaria Escrivá, “o santo do ordinário”

Dom Levi Bonatto preside Missa em louvor a São Josemaria Escrivá

São Josemaria Escrivá, “o santo do ordinário” - Notícias - Arquidiocese de Goiânia

No dia 26 de junho, o bispo auxiliar da arquidiocese de Goiânia, Dom Levi Bonatto, presidiu Missa Solene na Festa de São Josemaria Escrivá, na Paróquia Imaculado Coração de Maria, em Goiânia. Muitos fiéis participaram da celebração, dentre eles os membros cooperadores, amigos e simpatizantes do Opus Dei. O pároco da Paróquia Imaculado Coração de Maria, padre Alcimar Lima Silva, concelebrou a missa.

Em sua homilia, o bispo refletiu sobre o Evangelho da pesca milagrosa, que revela um aspecto muito importante da mensagem do Opus Dei. “Na pesca milagrosa, observamos a intervenção de Jesus Cristo no universo profissional de um grupo de pescadores. Jesus, com a sua presença e com sua mensagem, diviniza a profissão dos apóstolos, seus seguidores”. Dom Levi citou as palavras de São Josemaria, ao dizer qual a finalidade da prelazia pessoal da Igreja Católica. “O Opus Dei pretende ajudar as pessoas a descobrir essa missão divina, mostrando sua vocação humana. A vocação profissional, familiar e social não se opõe à vocação sobrenatural. Pelo contrário, é parte natural dela”, afirmou. O bispo explicou também que “a missão do Opus Dei é a difusão desta mensagem evangélica entre todas as pessoas que trabalham em qualquer ambiente ou profissão”.

Por fim, Dom Levi citou um exemplo que São Josemaria sempre dizia: “Se alguém, comentando sobre um filho meu, que é professor de Matemática, dissesse que é um bom filho, mas mau professor, eu diria que não é um bom filho; mesmo se amasse muito a Opus Dei, falasse bem da Obra a toda hora, não perdesse uma reunião, gostasse do convívio e do retiro. Se não for um bom professor e seus alunos não aprenderem bem a matéria, pois suas aulas são cansativas e sonolentas, ele não é um bom filho meu”.

Marcos Paulo
Estágiario de Jornalismo pela PUC Goiás