Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Notícias
  4. Arcebispo lança sua 17ª Carta Pastoral

10/07/2019

Arcebispo lança sua 17ª Carta Pastoral

Creio no Espírito Santo – Meditação sobre a vida no Espírito

Arcebispo lança sua 17ª Carta Pastoral - Notícias - Arquidiocese de Goiânia

No encerramento da Romaria do Divino Pai Eterno 2019, no dia 7 de julho, foi celebrada a Missa Solene, no altar externo do Santuário-Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO), com a presença de autoridades políticas e eclesiásticas. Entre elas, o governador do estado de Goiás, Ronaldo Caiado; o prefeito de Trindade, Jânio Darrot; o prefeito de Goiânia, Iris Rezende; o arcebispo da Arquidiocese de Goiânia, Dom Washington Cruz e o Superior Provincial dos Redentoristas de Goiás, padre André Ricardo.

 

Milhares de romeiros também participaram da Missa Solene de encerramento da Festa, presidida pelo reitor do Santuário-Basílica do Divino Pai Eterno, padre Robson de Oliveira, que destacou o tema da Romaria 2019: “Sede Santos como Vosso Pai é Santo”. “A santidade é a vocação, o grande chamado do Pai para todos os cristãos. Que sejamos diferentes da realidade mundana, porque Deus é santo e puro e Ele quer que seu povo seja luz na vida das outras pessoas!”, afirmou.

 

Dom Washington aproveitou a celebração para lançar sua 17ª Carta Pastoral, continuação de uma catequese que o arcebispo vem fazendo sobre a Santíssima Trindade. Na primeira Carta Pastoral, lançada em 2017, ele escreveu sobre o amor paterno de Deus; na segunda sobre Jesus, o filho unigênito do Pai; e a terceira edição tem como tema o Espírito Santo. Essa Carta Pastoral é direcionada a todo povo de Deus presente na Arquidiocese de Goiânia. “Hoje é um dia de muita alegria. É a 17ª festa do Pai

Eterno que participo, desde que sou arcebispo de Goiânia. É um momento ímpar, é uma festa que rendemos louvor e glória a Deus Pai, Filho e Espírito Santo. E nós gostamos de estar presentes para nos unir ao coro dos que vêm abraçar o Pai, receber o Filho e ser habitado pelo Espírito Santo paráclito”, afirmou.

 

Marcos Paulo
Acadêmico de Jornalismo da PUC Goiás