Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Notícias
  4. Muitas Vocações, Uma só Igreja

18/03/2019

Muitas Vocações, Uma só Igreja

Orações e Testemunhos para o despertar vocacional na Igreja e na sociedade

Muitas Vocações, Uma só Igreja - Notícias - Arquidiocese de Goiânia

 

A sua comunidade tem oferecido vocações para a Igreja?

Rezar pelas vocações sem cessar. Há bastante tempo se fala nisso na Igreja. Mas nós temos feito nossa parte para que “o Senhor da messe envie operários para a sua messe”? (Mt 9,38). O papa Francisco tem motivado as comunidades nesse sentido. Em audiência pública, no dia 5 de janeiro, o pontífice lembrou que “Jesus nos disse que o primeiro método para obter vocações é a oração, e nem todos são convencidos disso”.

 

Falando diretamente para os bispos, sacerdotes, religiosos e leigos, ele exortou: “Com as portas fechadas ninguém pode entrar para encontrar o Senhor. É preciso abrir as portas para que eles possam entrar nas igrejas. Os bispos devem procurar uma maneira de acompanhar a oração da comunidade”, declarou papa Francisco.

 

 A Arquidiocese de Goiânia abraçou o Projeto “Muitas Vocações, uma só Igreja”, que é inspirado em outro, chamado “Cada comunidade uma nova vocação”, que nasceu no Regional Sul 2 da CNBB (estado do Paraná) no ano de 2016 e já se espalhou por 51 dioceses do Brasil, com o objetivo de convidar todas as comunidades a rezar pelas vocações e partilhar pelas redes sociais testemunhos de quem vive com alegria a sua vocação.

 

Eixos

Conforme o coordenador da Pastoral Vocacional na Arquidiocese de Goiânia, padre Rodrigo Lacerda, o projeto tem dois eixos principais que são: a oração e o Pe. Rodrigo Lacerdatestemunho. “O projeto incentiva a prática da oração pelas vocações, seja em momentos individuais, seja em todos os âmbitos da vida eclesial: reuniões, encontros de catequese, antes da Santa Missa – convidamos as comunidades a rezar uma dezena do terço mencionando que a oração é pelas vocações”, explicou.

 

O objetivo com essa prática é suscitar em todas as comunidades a cultura vocacional, tendo em mente que a oração é a mais eficiente ferramenta para despertar vocações na Igreja. No eixo da oração, a Pastoral Vocacional incentiva também as comunidades a adquirirem uma capelinha de Nossa Senhora ou do santo de devoção da paróquia que possa ser levada para as famílias rezarem em unidade pelas vocações. “Queremos motivar a oração pelas vocações e, depois, trazer essa experiência para o encontro de catequese e a vida das comunidades. O eixo da oração tem como protagonista, principalmente, os Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão Eucarística, os catequistas e os catequizandos”, afirmou padre Rodrigo.

 

 

“Para que possamos ter vocações matrimoniais, religiosas e sacerdotais, precisamos mostrar aos jovens que é bom seguir a Cristo, é bom responder à sua vocação, entender o próprio sentido da vida”

 

 O segundo eixo é o do testemunho. Um testemunho cristão vale mais que muitas palavras, por isso, o projeto “Muitas vocações, uma só Igreja” quer que todos conheçam os testemunhos daqueles que disseram sim a Deus. “Para que possamos ter vocações matrimoniais, religiosas e sacerdotais, precisamos mostrar aos jovens que é bom seguir a Cristo, é bom responder à sua vocação, entender o próprio sentido da vida”, disse.

 

O projeto incentiva as comunidades a gravarem testemunhos. “Precisamos que os leigos, sacerdotes e religiosos divulguem a beleza da vocação por meio das redes sociais de sua paróquia e nos envie também para serem publicados nas redes sociais da Arquidiocese de Goiânia”, afirmou o padre. Essa iniciativa, conforme Pe. Rodrigo, pode despertar novas vocações na Igreja. Vídeos de 1 minuto podem ser enviados pelo Whatsapp da Pastoral Vocacional: (62) 3203-1347. Os testemunhos também podem ser visualizados e seguidos pela hashtag #vocagyn. “A proposta é divulgar as experiências bonitas da vivência das diversas vocações em nossa Arquidiocese. Pode ser que alguns testemunhos tenham um grande alcance, mas o mais importante é que as comunidades vejam, com os próprios olhos, belos testemunhos de vida cristã que serão compartilhados nas redes sociais”, ressaltou.

 

Saiba mais a respeito do projeto no site:  https://www.vocacionalgoiania.com.br/ e no https://www.vocacoes.org/

 

 Fúlvio Costa