Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Notícias
  4. Acolhida aos “novos padres”

15/03/2019

Acolhida aos “novos padres”

O encontro aconteceu no dia 8 de março, no Centro Pastoral Dom Fernando

Acolhida aos “novos padres” - Notícias - Arquidiocese de Goiânia

 

Acolher e dar boas-vindas aos padres que começaram a atuar na Arquidiocese de Goiânia é uma iniciativa realizada todos os anos. O objetivo principal é informá-los sobre a vida pastoral da Igreja particular, bem como demonstrar o carinho da mãe Igreja aos seus filhos – ministros ordenados.

 

Neste ano, o encontro aconteceu no dia 8 de março, no Centro Pastoral Dom Fernando (CPDF). Durante o encontro, irmã Terezinha Mendonça Del' Acqua realizou uma dinâmica de integração com o grupo, na qual ela explicou que é fundamental uma boa acolhida e criação de vínculos fraternos entre os padres, a fim de que estejam em unidade e motivados a realizar um trabalho pastoral com êxito. “É muito importante que os padres tenham vínculo fraterno. Esse é o primeiro passo para se sentir parte da Igreja na qual ele está chegando”, afirmou.

 

Entrevistado, o arcebispo metropolitano, Dom Washington Cruz também disse ser a busca por fraternidade o principal objetivo do encontro. “O presbitério é a comunhão de todos os padres com o bispo e entre si. Os padres religiosos e os diocesanos formam uma só família, que é a Igreja Diocesana; o Sacramento da Ordem os faz irmãos e membros do mesmo corpo e a ordenação sacerdotal os liga a algo mais importante que uma amizade humana. Uma vez ordenado, o padre passa a fazer parte de um corpo”, explicou.

 

Dom Moacir Silva Arantes, bispo auxiliar e coordenador de pastoral, apresentou, na Reunião, o Secretariado para Ação Evangelizadora. Já Dom Levi Bonatto, bispo auxiliar, ecônomo e moderador da Cúria Arquidiocesana, falou sobre a questão financeira e a importância de se informatizar as paróquias, processo em andamento na Arquidiocese.

 Padre Vitor Simão fez uma explanação sobre os documentos pós-sinodais da Arquidiocese e as cartas pastorais do arcebispo. Já o padre Max Costa falou sobre o Vicariato da Caridade, pelo qual ele é responsável, e também sobre as atividades desenvolvidas pela Pastoral da Esperança.

 

O padre Rodrigo Lacerda, coordenador da Pastoral Vocacional, apresentou o projeto Muitas Vocações, Uma só Igreja. Padre Antônio Donizeth, coordenador de Arte Sacra, explicou sobre os folhetos litúrgicos. A Escola de Ministérios foi apresentada pelo padre João Batista. Padre Warlen Reis, chanceler da Cúria, discorreu sobre sua função, as normativas e os serviços prestados pelo departamento.