Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Notícias
  4. Sinos são batizados e abençoados na Paróquia São João Batista

04/01/2019

Sinos são batizados e abençoados na Paróquia São João Batista

A missa foi presidida pelo administrador paroquial, padre Vitor Simão

Sinos são batizados e abençoados na Paróquia São João Batista - Notícias - Arquidiocese de Goiânia

A comunidade da Paróquia São João Batista, no Setor Colina Azul, em Aparecida de Goiânia, se reuniu, na noite do dia 18 de dezembro, para a Santa Missa e cerimônia do batizado e bênção dos três sinos, que irão ressoar diariamente no alto da torre de 21 metros de altura, da nova igreja matriz. A missa foi presidida pelo administrador paroquial, padre Vitor Simão. Os padres Rodrigo de Castro, reitor do Santuário Sagrada Família, e Abraão, que é de Guiné Bissau, na África, e está de passagem pela Arquidiocese de Goiânia, concelebraram.

 

Durante a celebração, padre Vitor abençoou e batizou os três sinos, que juntos pesam quase 600 quilos. O maior, de 180 quilos, homenageou o padroeiro da paróquia, São João Batista. O médio homenageou o Sagrado Coração de Jesus, já que a comunidade tem a participação numerosa do Apostolado da Oração, e o menor foi dedicado à Santa Maria Mãe de Deus. Os três sinos compõem um carrilhão clássico com tons nas notas musicais dó, ré, mi

 

No rito de bênção, padre Vitor lavou os sinos novos com água benta e os aspergiu como sinal da bênção de Deus derramada sobre cada um. Em seguida, eles receberam a unção com o óleo dos enfermos em sua parte exterior. “Esta unção é feita a partir das sete cruzes que fazem lembrança das dores de Jesus, a agonia do Senhor, por isso usamos o óleo dos enfermos”, explicou o sacerdote. “Depois, no interior do sino, foram feitas quatro cruzes com o óleo do crisma, que lembram as características do Corpo glorioso de Jesus”, continuou.

 

Na homilia, padre Vitor refletiu sobre as leituras do dia. “O profeta Jeremias traz uma palavra de esperança. Ele dividiu essa leitura (Jr 23,5-8) em dois momentos. No primeiro, ele anuncia o rei que virá do povo de Israel para conduzi-lo no amor e, evidentemente, a profecia nos remete a Jesus, o Filho do Homem. No segundo momento dessa leitura, o profeta nos fala da libertação do povo de Israel do exílio, portanto, são dois momentos de muita esperança e de muita alegria, porque o povo vai receber o cuidado de Deus que é libertação. Hoje, nós somos alcançados por essa palavra que deve chegar ao nosso coração”, comentou. Sobre o Evangelho (Mt 1,18-24), ele explicou a passagem da anunciação narrada por Mateus, cuja reflexão foca na pessoa de José. “O sonho de Deus se realiza em José, homem justo que fez cumprir o plano de Deus, e aquele que faz cumprir a vontade do Pai é digno desse adjetivo.”

 

Para finalizar, o padre comentou o dia de alegria que a comunidade vivia com o batismo e a bênção dos sinos. “Os sinos da nova igreja matriz terão também a missão de nos levar ao encontro com Deus e no encontro com ele sermos alcançados por sua alegria e pelo consolo de sua palavra. Os sinos deverão anunciar a alegria, a confiança e a esperança em nosso Deus. Nós sonhamos como José e, hoje, nós realizamos esse sonho que foi sonhado pelo Senhor. Agradecemos a ele por permitir a cada um de nós participar deste sonho.”

 

A igreja matriz de São João Batista está em obras há um ano e seis meses. Segundo padre Vitor, a previsão é que ela seja concluída e abençoada pelo arcebispo Dom Washington Cruz ainda no ano de 2019. Os novos sinos foram elevados à torre da igreja no dia 19 de dezembro e badalaram, oficialmente, pela primeira vez, nesse dia.

 

Fúlvio Costa