Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Notícias
  4. 10 perguntas para entender a devoção ao Sagrado Coração de Jesus

07/06/2021

10 perguntas para entender a devoção ao Sagrado Coração de Jesus

Um verdadeiro catecismo sobre o Sagrado Coração de Jesus, não perca!

10 perguntas para entender a devoção ao Sagrado Coração de Jesus - Notícias - Arquidiocese de Goiânia

 

Era dezembro de 1673, precisamente no dia 27, em que o Sagrado Coração de Jesus foi revelado a Santa Margarida Maria Alacoque, durante uma exposição do Santíssimo Sacramento. Santa Margarida teve a visão de Jesus Cristo mais duas vezes. Nas aparições, o próprio Senhor pediu para que ela divulgasse a devoção a seu Sagrado Coração.

 

Jesus, ao aparecer a Santa Margarida Maria Alacoque, com seu Coração transpassado pela espada, disse:

“Eis o coração que tanto tem amado os homens e em recompensa não recebe da maior parte deles senão ingratidões pelas irreverências e sacrilégios, friezas e desprezos que tem por mim nesse sacramento do Amor.” E continuou dizendo: “Prometo, pela minha excessiva misericórdia, a todos que comungarem nas primeiras sextas de nove meses consecutivos, a graça da penitência final. Estes não morrerão em minha inimizade, nem sem receberem os sacramentos. O meu Sagrado Coração lhes será refugio seguro nessa última hora.”

 

Convido-lhe, pois, a conhecer um pouco mais sobre esta devoção neste pequeno Catecismo sobre o Sagrado Coração de Jesus!

 

1. O que caracteriza um devoto autêntico do Sagrado Coração de Jesus?

O devoto autêntico do Sagrado Coração de Jesus é aquele que procura conhecer a fundo essa devoção, reconhece sua importância incomparável para todos os homens e tem uma disposição efetiva de amá-lo e de fazer tudo quanto corresponde à sua vontade.

 

2. Qual é o fim principal da devoção ao Sagrado Coração de Jesus?

Segundo Santa Margarida Maria Alacoque, a santa para qual o Sagrado Coração de Jesus apareceu em 1673, “o fim principal desta devoção é converter as almas a seu amor“. Isso quer dizer que devemos retribuir dignamente o amor que Nosso Senhor teve por nós, fazendo as pessoas reconhecerem o quanto Ele nos ama.

 

3. Qual é o objeto da devoção Sagrado Coração?

O objeto dessa devoção é o Coração do Verbo Encarnado, tanto considerado no seu aspecto corporal quanto no símbolo de seu amor por Deus e pelos homens.

 

4. Adora-se, então, o coração físico de Nosso Senhor?

Sim. Seu coração físico é adorável, assim como qualquer parte de seu Corpo, unido substancialmente ao Verbo, a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade.

 

5. Qual o termo final de nossas homenagens nesta devoção?

O termo final de nossas homenagens é a Pessoa de Jesus Cristo. Assim, em seu sentido amplo, quando se fala do Coração fala-se da própria Pessoa do Divino Redentor.

 

6. Por que Jesus Cristo quer ser cultuado por meio de símbolos físicos?

Ele quer ser cultuado por meio dos símbolos físicos porque, conforme explica São Tomás de Aquino, o homem, não sendo puro espírito, precisa das coisas sensíveis para chegar ao conhecimento das espirituais.

Para conhecer a Deus, precisamos vê-lo refletido em suas criaturas, representações e imagens. Quanto mais elas são perfeitas, tanto mais alta é a ideia que formamos da Divindade. Esse é, aliás, o que fundamenta o culto às imagens e a liturgia católica.

 

7. Por que Nosso Senhor escolheu o coração como símbolo de seu amor?

Porque o coração representa a sede do afeto, da compaixão e do sentimento e, por isso, seria o símbolo que melhor experimenta o amor de Cristo por Deus Pai e pelos homens. representa também a mentalidade de Nosso Senhor.

 

8. De que maneira o Redentor quis que seu Coração simbolizasse seu amor?

Nosso Senhor apareceu a Santa Margarida Maria mostrando seu Coração divino envolto em chamas, rodeado por uma coroa de espinhos e encimado por uma cruz. É uma representação própria a despertar em nós sentimentos de gratidão, de reparação e o desejo da consagração.

 

9. Quais são as principais práticas da devoção ao Sagrado Coração?

As principais práticas de piedade são:

1ª Prática: Comunhão Reparadora nas Primeiras Sextas-feiras de cada Mês

Que foi pedida expressamente por Nosso Senhor a Santa Margarida Maria. Ligada a esta prática está a assim chamada Grande Promessa (ver perguntas 24 a 27)

2ª Prática: Comunhão Frequente

Um dos pedidos de Nosso Senhor a Santa Margarida Maria foi o de “comungar tantas vezes quantas puder“. Evidentemente, estando em estado de graça e, para isso, confessando-se antes se necessário.

3ª Prática: Consagração

Esta prática comporta dois elementos: a consagração propriamente dita, que é conveniente renovar periodicamente; e o propósito de viver em conformidade com essa consagração, buscando apenas os interesses do Sagrado Coração.

Embora a consagração, enquanto tal, não imponha obrigações novas, ela exige de maneira séria e constante a prática dos deveres de todo cristão. Ela corresponde, em última análise, a uma renovação das promessas do Batismo. Manifesta a vontade de fidelidade ao maior dos Mandamentos:

“Amarás o Senhor teu Deus com todo o teu coração, com toda a tua alma, com todo o teu entendimento, e com todas as tuas foras” (Mc 12, 30)

4ª Prática: Hora Santa

Nosso Senhor havia comunicado a Santa Margarida Maria:

“Todos as noites de quinta para sexta-feira, te farei participar na mortal tristeza que quis sofrer no Horto das Oliveiras”.

A Santa tomou então o hábito de ficar em adoração diante do Santíssimo Sacramento nesse dia, das onze horas à meia-noite, em reparação e união aos sofrimentos de Nosso Senhor.

Isso inspirou a prática da Hora Santa, que pode ser feita em casa, na Igreja, em particular ou em comum e a qualquer hora. Consiste no exercício de oração mental ou vocal, contemplando a agonia de Nosso Senhor.

5ª Prática: Exposição e veneração da imagem do Sagrado Coração de Jesus

A imagem do Sagrado Coração ocupa lugar destacado nos desejos e nas promessas de Nosso Senhor a Santa Margarida Maria. Jesus prometeu grandes graças àqueles que a levassem consigo ou a colocassem nas suas casas, escritórios, etc.

Sua representação clássica consiste em um coração, aberto no lado, envolto em chamas, rodeado por uma coroa de espinhos e encimado por uma chama mais potente e uma cruz. Ou ainda, a imagem de Nosso Senhor, com esse coração sobre o peito e o indicador da mão esquerda apontando para ele.

Finalmente, a devoção ao Sagrado Coração, pregada por Santa Margarida Maria, é uma devoção de reparação ao amor menosprezado e ultrajado de Jesus Cristo pelos homens. Por isso, o espírito de reparação deve animar todos os seus atos.

 

10. Há outras práticas recomendadas aos devotos do Sagrado Coração?

Sim. Entre elas, a inscrição em associações pias, como, por exemplo, a Associação Apostolado do Sagrado Coração de Jesus e o Apostolado da Oração; as orações e sacrifícios pelas almas do Purgatório; a recitação de ladainhas e outras preces em louvor do Sagrado Coração.

 

Fonte: Aleteia