Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Notícias
  4. Acompanhe a Lectio Divina nas redes do Setor Juventude

18/03/2020

Acompanhe a Lectio Divina nas redes do Setor Juventude

Lectio Divina 2020

Acompanhe a Lectio Divina nas redes do Setor Juventude - Notícias - Arquidiocese de Goiânia

Devido à pandemia que assusta o mundo, foi cancelado o terceiro encontro da Lectio Divina 2020 que, tradicionalmente, acontece nos sábados da Quaresma, na Paróquia Universitária São João Evangelista. No entanto, para que os jovens não ficassem sem a reflexão do Evangelho do domingo, Dom Moacir Silva Arantes, bispo auxiliar de Goiânia, fez uma pregação no dia 14 deste mês, no mesmo local e horário em que o encontro estava previsto, transmitida pelas redes sociais do Setor Juventude da Arquidiocese de Goiânia.

 

A decisão de fazer a Lectio Divina com os jovens via transmissão por internet foi uma das medidas arquidiocesanas preventivas à propagação do Covid -19, que já está presente em todos os continentes da Terra. Na sexta-feira, dia 13, o governo do Estado de Goiás publicou algumas medidas visando impedir que o vírus se espalhe mais ainda na população e pediu que todos os eventos de grande porte sejam cancelados.

 

 “A nossa Lectio Divina deste sábado é um tanto quanto inusitada. Inusitada como o encontro de Jesus com a samaritana. Aquela mulher foi ao poço em busca de algo que ela imaginava precisar e encontrou algo que ela necessitava encontrar. Jesus foi até lá porque sabia que aquela mulher estaria lá e queria encontrá-la.” Assim Dom Moacir iniciou a sua reflexão e explicou que “a atitude de Jesus ao encontrar a mulher é a mesma de Deus Pai que sempre vai ao nosso encontro, mesmo com tantos erros que cometemos”.

 

As próximas edições da Lectio Divina serão gravadas e disponibilizadas nas redes sociais do Setor Juventude. Siga as redes sociais da Arquidiocese e do Setor Juventude e não perca a reflexão do 4º Domingo da Quaresma.

 

Marcos Paulo Mota
Acadêmico de Jornalismo pela PUC Goiás