Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Notícias
  4. Romarias que nutrem a fé

22/01/2020

Romarias que nutrem a fé

Igreja, povo a caminho

Romarias que nutrem a fé - Notícias - Arquidiocese de Goiânia

O ano de 2020 será muito especial para a Arquidiocese de Goiânia no que diz respeito às romarias. É que além das tradicionais Romarias ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida (SP), e a Romaria ao Santuário-Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO), também teremos, pela primeira vez, a Romaria Arquidiocesana ao Santuário Santa Dulce dos Pobres, em Salvador (BA).

 

Santa Dulce foi canonizada pelo papa Francisco no dia 13 de outubro de 2019, na Praça São Pedro, no Vaticano. Trata-se da primeira santa nascida no Brasil, conhecida como o “Anjo bom da Bahia”. Nosso arcebispo Dom Washington Cruz, que é baiano de Itabuna, foi pároco dela.

1ª Romaria Arquidiocesana ao Santuário Santa Dulce

A romaria será um momento importante na vida arquidiocesana, por tudo o que Santa Dulce representa para a Igreja. “Fui pároco da irmã Dulce durante 10 anos e o que mais impressionava nela era seu amor. Para ela o que mais importava era Deus e o próximo. Uma das coisas mais belas em irmã Dulce é que ela achava que Deus precisava brilhar, Deus precisava aparecer e a sua pessoa devia desaparecer”, afirmou Dom Washington em vídeo gravado por ocasião dos preparativos para a canonização da santa baiana. A 1ª Romaria Arquidiocesana ao Santuário Santa Dulce acontecerá de 12 a 15 de março. Mais informações: (62) 3942-4267.

Assista ao vídeo no Instagram da Arquidiocese, publicado em 11/10/19.

Confira o roteiro:

12/3 – Saída de Goiânia a Salvador
 

13/3 – Após o café da manhã, saída de ônibus até a Basílica do Senhor do Bonfim, onde inicia a caminhada penitencial até o Santuário Santa Dulce dos Pobres. Às 12h, Santa Missa com Dom Washington Cruz. Parte da tarde dedicada às Obras Sociais de Irmã Dulce e retorno em ônibus ao hotel.
 

14/3 – Após o café da manhã, saída de ônibus para o Mosteiro das Irmãs Beneditinas (almoço incluso) e retorno para participar da Santa Missa na Paróquia Nossa Senhora dos Alagados e São João Paulo II, onde se encontraram os três grandes santos: São João Paulo II, Santa Teresa de Calcutá e Santa Dulce dos Pobres.
 

15/3 – Santa Missa na Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição da Praia; a definir horário de retorno para Goiânia.

 

17ª Romaria ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida

A Romaria Arquidiocesana à Casa da Mãe Aparecida, todos os anos, atrai centenas de peregrinos das mais diversas paróquias. O sonho de Dom Washington Cruz é que, em unidade, todas as comunidades da arquidiocese participem desse importante momento de fé e devoção junto à Padroeira do Brasil.  Em 2019, a romaria teve a participação de mais de mil romeiros de 21 paróquias da Arquidiocese de Goiânia e algumas paróquias tiveram muita adesão de romeiros. Vários padres recém-chegados na arquidiocese não conseguiram levar romeiros, mas foram por conta própria, atendendo, assim, ao pedido do nosso arcebispo Dom Washington Cruz.

A programação para a 17ª Romaria a Aparecida, que acontecerá de 23 a 28 de setembro, terá o seguinte roteiro:

24/9
13h – Saída de Aparecida de Goiânia a Aparecida
20h – Missa no Santuário Nossa Senhora Aparecida
20h30 – Saída para Aparecida

25/9
12h – Chegada em Aparecida (SP) – almoço
Tarde livre
16h – Morro do Cruzeiro (Pe. João Batista)

26/9
7h – Café
9h – Missa com o arcebispo Dom Washington Cruz
10h15 – Encontro com o arcebispo (Tribuna Papa Bento XVI)
12h – Almoço
16h – Visita ao Morro do Presépio
19h – Jantar e noite livre

27/9
7h – Café
10h – Missa na Capela do Hotel
12h – Almoço e saída do hotel

 

Romaria do Divino Pai Eterno

A Romaria do Divino Pai Eterno 2019 atraiu cerca de 3,2 milhões de peregrinos vindos das mais diversas regiões do país. Os dez dias de festa são marcados pela simplicidade do povo e a união que se faz do cotidiano da vida com a fé. Carreiros deixam suas casas muitos dias antes do início da festa para pedir ou agradecer ao Divino Pai Eterno pelas graças alcançadas. São longos percursos feitos em estrada de chão, enfrentando sol, poeira, frio e calor até chegar a Trindade. São os carreiros, os muladeiros, as folias, os shows e milhares de caravanas que fazem a beleza da romaria.

Neste ano, a Romaria do Divino Pai Eterno acontecerá de 26 de junho a 5 de julho.

Princípios importantes para colocar-se em romaria

Deus sempre em primeiro lugar. Esse é o principal sentido religioso da romaria, conforme o bispo auxiliar de Goiânia, Dom Levi Bonatto. Para colocar-se em romaria, alguns princípios são fundamentais, segundo ele, como ter em mente que se trata de um momento de oração e penitência e ter claro o porquê desse ato: fazer pedidos, agradecer a Deus por graças recebidas, buscar a conversão do coração. “Vamos a um lugar santo, também nós devemos nos santificar; portanto, além da oração, devemos buscar os sacramentos”, exorta. Ele ressalta que a motivação turística nunca deve estar em primeiro lugar. “É importante também, antes, confessar, receber a Eucaristia com o coração cheio de amor a Deus, que nos quer puros e limpos do pecado”, completa.