Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Notícias
  4. Missão Esperança nos Cemitérios

01/11/2019

Missão Esperança nos Cemitérios

Confira a programação nos cemitérios de nossa arquidiocese

Missão Esperança nos Cemitérios - Notícias - Arquidiocese de Goiânia

No próximo dia 2 de novembro, a Igreja comemora o Dia dos Fiéis Defuntos, dedicado à esperança, à fé e à caridade. Nessa data, mais conhecida como Dia de Finados, além das missas que serão celebradas, centenas de missionários leigos atuarão nos cemitérios de todas as cidades que integram a Arquidiocese de Goiânia, com o objetivo de levar conforto aos visitantes e aos que estiverem em velórios, por meio da presença solidária e da Palavra de Deus. Eles informarão sobre horários de missas, entregarão orações às pessoas e vão rezar com elas nos túmulos, se desejarem.

Esse trabalho é planejado e coordenado pela Pastoral da Esperança, que preparou os voluntários e organizou a escala de presença nos cemitérios. O padre Max Costa, coordenador dessa Pastoral, explica que, “nesta missão de acolher e consolar as pessoas que estão sofrendo com a dor da perda do seu ente querido, os missionários vão levar a esperança da ressurreição, comunicando Jesus vivo, e não morto, em nosso meio”.

“A Missão Finados acontece com a participação de leigos de diversas paróquias de nossa arquidiocese e tem como finalidade nos levar a rezar com as pessoas, ouvir seus desabafos, abençoar os túmulos e fazer uma oração diante do sepulcro, aspergindo com água benta, para que as famílias saiam do cemitério confortadas pela graça da ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo”, informou o padre Max.

 

Missas

No decorrer de todo o Dia de Finados, haverá celebração de missas em todos os cemitérios das cidades que compõem a Arquidiocese de Goiânia, presididas pelo arcebispo metropolitano, Dom Washington Cruz; os bispos auxiliares, Dom Levi Bonatto e Dom Moacir da Silva Arantes; e por diversos padres. No Cemitério Parque (Vicariato Campinas), às 13h, o padre Heverton Rodrigues, CSsR, presidirá Santa Missa especialmente pelas pessoas falecidas vítimas de violência e suicídio.

 

Indulgência Plenária 

No Dia de Finados, “aos que visitarem o cemitério e rezarem, mesmo só mentalmente, pelos defuntos, concede-se uma Indulgência Plenária, só aplicável aos defuntos: diariamente, do dia 1º ao dia 8 de novembro, nas condições costumeiras, isto é, confissão sacramental, comunhão eucarística e oração nas intenções do Sumo Pontífice; nos restantes dias do ano, Indulgência Parcial” (Enchir. Indulgentiarum, n. 13 – Diretório da Liturgia da CNBB, p. 188).

 

A indulgência é a anulação das penas devidas pelos pecados cometidos e que já foram perdoados na confissão. Há dois tipos de indulgências: plenárias e parciais. Na primeira, a alma fica aliviada de todas as suas penas, ou seja, dali ela vai para o céu. Já as parciais são destinadas para a alma no purgatório, que fica aliviada de parte de suas penas.

 

Horários das missas nos cemitérios