Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Arquidiocese
  3. Palavra do Arcebispo
  4. O Dom do Diaconado Permanente

06/07/2020

O Dom do Diaconado Permanente

O Dom do Diaconado Permanente - Palavra do Arcebispo - Arquidiocese de Goiânia

Queridos irmãos e irmãs,

 

O Sacramento da Ordem comporta três graus: o episcopado, o presbiterado e o diaconado. Normalmente, alguém é ordenado diácono por um período de tempo, em vista de receber a ordenação presbiteral.Segundo uma tradição antiga, temos também o diaconado permanente, isto é, a ordenação de homens que permanecem diáconos por toda a sua vida. Por algum tempo, na Igreja Romana, não foram ordenados diáconos permanentes, mas isso mudou nas últimas décadas.

 

O diaconado permanente foi restaurado pelo papa Paulo VI, em 18 de junho de 1967, mediante recomendação dos padres do Concílio Vaticano II. Seguindo esse mesmo movimento, há alguns anos atrás, decidimos dar início à primeira turma de formação de candidatos ao diaconado permanente em nossa Arquidiocese. Hoje já temos 39 diáconos permanentes e, no último dia 29 de junho, tivemos a Santa Missa de admissão dos novos candidatos.

 

“...eles são chamados a amar e servir os outros”

 

A vocação para a Ordem dos Diáconos é um chamado para um ministério. Isso significa que não é um serviço pago, mas, sim, um verdadeiro ministério, ou seja, um serviço. Por isso, possíveis símbolos desse ministério poderiam ser a bacia e a toalha, itens que Jesus usou quando lavou os pés dos apóstolos, ilustrando como eles são chamados a amar e servir os outros.

 

Uma parte desse ministério, singular por sua importância, desenvolve- se durante a celebração da Santa Missa. Nesse momento em que o diácono coopera com o ministério dos sacerdotes ou do bispo, ele prepara o altar e, ao fazer isso, leva consigo as necessidades de todas as pessoas, particularmente aquelas que, no serviço de caridade pastoral, ele encontrou. Assim, unem-se os dois serviços da caridade diaconal: espiritual e material.

 

Peço a todos os irmãos de nossa Arquidiocese que rezem pelos diáconos que temos, a fim de que exerçam com grande amor e fidelidade o ministério recebido. Rezemos juntos:

 

Senhor Deus, em sua bondade amorosa enviastes seu filho para ser nosso pastor e guia. Continuai a enviar trabalhadores para a vossa vinha para servir o vosso povo.

Abençoai os diáconos que nos servem.

Renovai dentro deles os sete dons do Espírito Santo,
para que sejam fortalecidos para cumprir fielmente seu ministério de serviço.

Que eles amem sinceramente, mostrem uma preocupação genuína pelos necessitados e vivam uma vida santa.

Que eles sejam sempre fiéis e praticantes daquilo que proclamame ensinam sobre vossa Palavra.

Amém!

 

Dom Washington Cruz, CP
Arcebispo Metropolitano de Goiânia