Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Arquidiocese
  3. Palavra do Arcebispo
  4. Um tempo para vivermos como discípulos

15/06/2020

Um tempo para vivermos como discípulos

Um tempo para vivermos como discípulos - Palavra do Arcebispo - Arquidiocese de Goiânia

Queridos irmãos e irmãs,

 

A liturgia da Igreja não é feita somente de grandes festas como os dias solenes da Quaresma, aos quais se seguem os dias gloriosos da Páscoa. Em meio a todas essas festas está o “Tempo Comum”, que está longe de ser os longos dias que passamos esperando os dias mais importantes reaparecerem. A frase em latim usada para designar o tempo comum é “Tempus per Annum”, que se traduz literalmente como “estação através do ano”.

 

Com base na palavra raiz “comum”, este é um momento em que devemos ordenar nossa vida para Deus. As vestes verdes usadas durante este tempo litúrgico são o símbolo da esperança e da vitória, mas também da nova vida e do crescimento. Somos, portanto, chamados a crescer em nosso relacionamento com Deus. Por meio da liturgia, a Igreja nos fornece esse tempo no qual somos incentivados a considerar toda a vida de Jesus, seus ensinamentos, os sinais e milagres que ele realizou. Este é, portanto, um tempo de crescimento.

 

Recebemos muitas graças especiais durante as épocas do Advento, do Natal, da Quaresma e da Páscoa, e o Tempo Comum é o momento de colocarmos essas graças em ação. Nele, de modo particular, devemos buscar a Deus em nossa caminhada habitual da vida e de vivermos como cristãos, guardando e fortalecendo a vida recebida no Batismo, aprofundando nosso relacionamento como filhos de Deus, cumprindo nosso propósito de viver como cristãos até a sua vinda final.

 

Se quisermos amadurecer na vida cristã e aumentar a fé, devemos descer os grandes picos das montanhas da Páscoa e do Natal para “pastar” nos vastos prados verdejantes do Tempo Comum. Nele, somos convocados a uma atitude contemplativa, entrando mais profundamente no mistério de Cristo e absorvendo as verdades da fé cristã, para depois dar vida a essas lições na nossa vida quotidiana. Domingo após domingo, a Igreja dos Peregrinos marca sua jornada através desse Tempo, assim como ela prossegue através do tempo em direção à eternidade.

 

Aproveitemos, portanto, este tempo favorável para crescermos na oração e na união com Deus. Ao mesmo tempo, procuremos mais tenazmente viver em coerência com o Evangelho, adotando uma caridade operosa em favor de todos os irmãos que Deus nos deu.

 

Dom Washington Cruz, CP
Arcebispo Metropolitano de Goiânia