Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Arquidiocese
  3. Palavra do Arcebispo
  4. A palavra de Deus na vida e missão da Igreja de Goiânia

30/08/2019

A palavra de Deus na vida e missão da Igreja de Goiânia

A palavra de Deus na vida e missão da Igreja de Goiânia - Palavra do Arcebispo - Arquidiocese de Goiânia

Em 2012, celebramos o nosso Sínodo Arquidiocesano. Ele foi marcado por intensa fase preparatória (2009 - 2011) e pelo grande acontecimento das sessões sinodais, em 2012. Nessas, fomos orientados por três grandes temas, que correspondem à vida da Igreja: a Palavra, a Liturgia e a Caridade.

 

O documento conclusivo do Sínodo sintetizou cada uma dessas dimensões em volumes distintos. No primeiro volume, que será evidenciado neste espaço, em setembro, são apresentadas as orientações sinodais e a exortação pastoral sobre o tema da Palavra de Deus, para o ser e agir da Arquidiocese de Goiânia.

 

Começamos o mês de setembro, no qual dedicamos especial atenção à Palavra de Deus. Neste Mês da Bíblia, convido vocês a rememorarem comigo algumas reflexões e disposições contidas na primeira parte do Documento Pós-Sinodal cujo título é “A palavra de Deus na vida e missão da Igreja Particular de Goiânia”, publicado em 2014.

 

 Já na sua introdução, esse documento lembra: “A Palavra sempre anunciada é a razão de nossa missão. A Palavra sempre acolhida nos aproxima do ‘sim’ de Maria (Faça-se em mim segundo a tua Palavra, Lc 1,38), nos torna orantes, nos coloca em celebração, nos reposiciona diante das crises e das instabilidades. O serviço à Palavra orienta-nos para a organização pastoral, para a formação e para a finalidade da comunicação. A Palavra que anima a vida cristã conduz à santidade, nos sustenta vocacionalmente e é fermento para a transformação do mundo”.

 

No primeiro item do capítulo I, ganham destaque citações do papa Francisco e do papa emérito Bento XVI. Francisco exalta a presença de Deus no mundo, em nossas vidas, seu amor concreto e poderoso, “passível de encontro, que se revelou em plenitude na paixão, morte e ressurreição de Cristo” (Lumen Fidei, 17). Bento XVI salienta que “A Palavra eterna que se exprime na criação e comunica na história da salvação, tornou-se em Cristo um homem, “nascido de mulher” (Gl 4,4). [...] A sua história, única e singular, é a palavra definitiva que Deus diz à humanidade” (Verbum Domini, 11).

 

Nas disposições sinodais referentes ao item 1 do Capítulo I, coube um convite aos membros desta Igreja de Goiânia, pastores, diáconos, religiosos e fi éis leigos: “nos empenhemos todos e cada um em oferecer na própria vida, segundo a vocação e missão específicas, renovada acolhida à Palavra de Deus, sobremodo manifesta nas Sagradas Escrituras e na Sagrada Tradição”. Também foi registrado um alerta, de que “Os frutos do Sínodo Arquidiocesano dependerão, quase em sua totalidade, dessa disposição pessoal de abrir decididamente a própria existência a Cristo-Palavra”.

 

Gostaria que, ao fazermos memórias desse texto, procuremos ainda mais traduzi-lo na vida de nossas comunidades. A Palavra de Deus é uma semente que deve ser semeada em nós a fim de produzir frutos de caridade e de salvação no meio da humanidade.

 

Dom Washington Cruz, CP
Arcebispo Metropolitano de Goiânia