Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Arquidiocese
  3. Palavra do Arcebispo
  4. Boas Políticas Públicas promovem acesso ao direito e ao futuro

07/03/2019

Boas Políticas Públicas promovem acesso ao direito e ao futuro

Boas Políticas Públicas promovem acesso ao direito e ao futuro - Palavra do Arcebispo - Arquidiocese de Goiânia

Ao refletir sobre o tema da Campanha da Fraternidade deste ano no Brasil, “Fraternidade e Políticas Públicas”, e seu lema, “Serás libertado pelo direito e pela Justiça”, recordo o que disse o papa Francisco em um dos seus discursos no Panamá, por ocasião da Jornada da Juventude:

 

“Sabemos que é possível outro mundo; e os jovens convidam-nos a envolver-nos na sua construção, para que os sonhos não permaneçam algo de efêmero ou etéreo, para que deem impulso a um pacto social no qual todos possam ter a oportunidade de sonhar um amanhã: o direito ao futuro também é um direito humano.”

 

Proposta pelos Bispos do Brasil, congregados na CNBB, essa Campanha da Fraternidade (CF) será lançada no próximo dia 6 (Quarta-feira de Cinzas) e representa o anseio da nossa Igreja de colaborar para que a sociedade entenda como são formuladas e aplicadas as Políticas Públicas, para que as pessoas possam reconhecer seus direitos previstos nelas e também participar na elaboração de novas políticas, quando estas forem necessárias para dar acesso ao Direito e à justiça.

 

Afinal, as políticas públicas nacionais são as ações aprovadas e programadas para que todos possam ter uma vida digna. Estabelecidas pelo Estado brasileiro, essas políticas não são efetivadas somente pela ação do governo. Dependem também da relação entre as instituições e os diversos atores, sejam individuais ou coletivos, envolvidos na solução de determinados problemas.

O que podemos fazer

A Comissão Nacional da CF preparou um texto-base para subsidiar a reflexão sobre o tema, que objetiva despertar a consciência e incentivar a participação de todo cidadão na construção de Políticas Públicas em âmbito nacional, estadual e municipal. Para elaboração desse documento foram reunidas contribuições de vários especialistas e pesquisadores, e ainda foram ouvidas lideranças de movimentos e entidades sociais.

 

Além do texto-base da Campanha da Fraternidade, muitos outros subsídios foram produzidos e estão disponíveis no site da Editora da CNBB (inclusive CD e o DVD), apontando uma série de formatos de encontros para reflexão, assim como iniciativas que ajudarão a colocar em prática as propostas incentivadas pela campanha. Convido todas as paróquias, comunidades, grupos e movimentos de nossa arquidiocese a conhecer esses conteúdos e utilizá-los em seu trabalho pastoral, seguindo o método proposto, de VER, JULGAR E AGIR.

 

Está em nossas mãos fazer com que a temática da CF, tão importante para o bem comum, seja aprofundada durante todo o ano de 2019, o que certamente contribuirá para que ocorram importantes mudanças de mentalidade social e na realidade sofrida de grande parte do Povo de Deus, que vive sem direito à esperança e ao futuro.

 

Dom Washington Cruz, CP
Arcebispo Metropolitano de Goiânia