Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Arquidiocese
  3. Palavra do Arcebispo
  4. Preparemo-nos para receber o Senhor

06/12/2018

Preparemo-nos para receber o Senhor

Preparemo-nos para receber o Senhor - Palavra do Arcebispo - Arquidiocese de Goiânia

O ano litúrgico tem início com o Advento. Quando esperamos alguém importante para nós, querendo demonstrar-lhe nosso muito apreço, esforçamo-nos para preparar a sua chegada. É este o sentido do Advento: aguardamos a chegada do nosso Deus, o Verbo de Deus feito homem, o Emanuel, o Deus conosco. Comemoramos a Sua primeira vinda, na esperança vivificante que anima o nosso dia a dia, aguardando a Sua segunda vinda no fim dos tempos.

 

O Advento, em geral, é composto por quatro semanas. Este ano é mais breve. Iniciou-se no domingo passado, 2 de dezembro, e irá se prolongar até 24 de dezembro, véspera do Natal do Senhor. As semanas do Advento constituem uma escola prática de solidariedade, que ensina os olhos a ver, os ouvidos a escutar e o coração a abrir-se à ternura e ao amor, de forma que transmita a esperança cristã e o homem acredite que Deus está conosco. Emanuel, Ele veio e continua a vir.

 

“O tempo do Advento é tempo de mudança e de conversão. Ao encontrar Jesus Menino, não podemos ficar indiferentes”

 

São três as grandes figuras deste tempo: Isaías, o profeta universalista, o dos tempos messiânicos, aquele que soube compreender as esperanças dos pobres e a esperança num mundo diferente, proveniente de Deus; João Batista, o “mais do que um profeta”, o maior entre os filhos de uma mulher, “a voz que clama no deserto: ‘Endireitai o caminho do Senhor’”; Maria, a agraciada por Deus, a serva do Senhor, a cheia do Espírito Santo, a Mãe do Senhor, a concretização das esperanças do povo.

 

A cor litúrgica é o roxo simbolizando o tempo de recolhimento e de expectativa, com algo de ansiedade e nostalgia. O próximo domingo, o terceiro (Gaudete, alegrai-vos), vem alertar-nos para a alegria que sempre deve invadir o nosso coração: Jesus Cristo já veio, colocou sua morada entre nós e prometeu para sempre estar conosco.

 

O tempo do Advento é tempo de mudança e de conversão. Ao encontrar Jesus Menino, não podemos ficar indiferentes. Nas palavras de Santo Agostinho: “Deus humanizou- se para que o homem possa se divinizar”. Neste Advento, preparemo-nos para receber o Senhor, mediante uma espera paciente e uma sincera conversão. Bom e frutuoso Advento!

 

Dom Washington Cruz, CP
Arcebispo Metropolitano de Goiânia