Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Arquidiocese
  3. Palavra do Arcebispo
  4. Mensagem da cruz é confiada a novos padres

21/09/2018

Mensagem da cruz é confiada a novos padres

Mensagem da cruz é confiada a novos padres - Palavra do Arcebispo - Arquidiocese de Goiânia

Nossa querida Igreja arquidiocesana recebeu um grande presente de Deus, no dia 14 deste mês, por ocasião do encerramento do Ano Jubilar dos Seminários, com a ordenação de três novos padres, que se somam na grandiosa, exigente e desafiante missão evangelizadora, para o bem e a salvação do Povo de Deus. A eles foi confiada a sublime mensagem da Cruz, para que possam oferecer esperança ao mundo. Não foi por acaso que escolhemos a Celebração Eucarística da Festa da Exaltação da Santa Cruz para ordenação desses novos presbíteros em nossa arquidiocese. Eles abraçaram com amor a cruz de Cristo e, com esforço e com a graça do Senhor, foram constituídos mensageiros do Cristo crucificado, pelo qual assumiram o sacerdócio.

Talvez, nos dias atuais, seja ainda mais difícil entender a mensagem da cruz. Por um lado, a oferta de facilidades cria um mundo de fantasias e a ideologia do ter, do poder e do prazer recusa a linguagem da cruz; por outro lado, a imposição injusta e imoral do sofrimento e de cruzes sobre os mais pobres e vulneráveis pode nos deixar confusos sobre a profunda mensagem da Cruz. Saber discernir, abraçar com amor e anunciar a Cruz de Cristo, portanto, supõe maturidade espiritual, capacitação humana e afetiva, preparo intelectual, teológico e catequético e, sobretudo, despojamento e conversão pessoal.

Jesus, o supremo pastor, tem amor, carinho e compaixão pelo seu povo. Por isso, chama-o para os serviços e ministérios, desejando ardentemente que todos os seus discípulos missionários abracem a sua cruz e o sigam. O olhar amoroso de Jesus, um dia também, fitou nos olhos, no coração e na vida do Adnilson, do Pedro e do Rodrigo. Deus plantou em suas vidas um dom especial, despertado por um chamado, respondido com um Sim pessoal e capacitado ao longo de um itinerário formativo.

A Igreja em Goiânia agradece imensamente aos pais dos novos presbíteros. Merecem nossa gratidão especial, também, o padre Dilmo, reitor do Seminário, os demais membros do Conselho de Formação, os professores do Instituto Santa Cruz e todos os sacerdotes e principais benfeitores de nossos seminários; o cura da Catedral, monsenhor Daniel Lagni, e todos quantos, de uma maneira ou de outra, colaboraram na formação deles.

Desejamos de coração que os novos padres Adnilson, Pedro e Rodrigo sejam alegres, felizes e realizados com a própria vocação e com a sua missão. Estamos muito felizes e agradecidos a Deus por tê-los, doravante, integrados ao presbitério de nossa querida Arquidiocese. Eles certamente nos ajudarão a rejuvenescer as energias pastorais da Igreja e a encher o futuro de esperanças.

Aos queridos jovens de nossa Igreja particular, peço que ao olhar para esses jovens novos padres sintam-se encorajados a perguntarem a si próprios se Jesus não está também a chamá-los para serem padres, religiosos ou religiosas.

 Nossos sinceros agradecimentos a todos os envolvidos na organização da intensa programação do Ano Jubilar dos Seminários. Que tudo o que foi realizado, se for da vontade de Deus, ajude-nos a ter muitas outras ordenações sacerdotais e muitos bons padres em nossa Arquidiocese.

Pomos os novos sacerdotes do Altíssimo nas mãos e no Coração Imaculado e Doloroso de Nossa Senhora, Mãe dos Sacerdotes e modelo de vida serviçal. Ela saberá forjar seus corações segundo o modelo do Senhor Jesus, seu Divino Filho, e os ensinará sempre a guardar os bens que Ele adquiriu no Calvário para a reconciliação do mundo. Rezemos diariamente por eles, por todos os presbíteros da nossa Arquidiocese e de toda a Igreja.

 

Dom Washington Cruz, CP
Arcebispo Metropolitano de Goiânia