Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Notícias
  4. Pastoral Familiar

10/05/2018

Pastoral Familiar

Retiro Espiritual conclui formação de novos agentes

Pastoral Familiar - Notícias - Arquidiocese de Goiânia

Após sete encontros, os novos agentes da Pastoral Familiar, cerca de 90 pesso­as, concluíram formação no Centro Pastoral Dom Fernan­do (CPDF), no dia 29 de abril. O evento teve assessoria do bispo auxiliar e coordenador arquidiocesano de Pastoral, Dom Moacir Silva Arantes. A ideia foi proporcionar ao gru­po uma tarde de espiritualida­de. “Nos últimos meses, eles foram formados intelectual­mente para conhecer a Pastoral Familiar: desafios, ação dos agentes, abrangência. E hoje, para finali­zar, eles são convidados a se colocar na presença de Deus para realmente perceber aquilo que ele quer por meio da sua atuação pastoral”, explicou em entrevista o bispo. Os encontros formativos ti­veram início no dia 26 de fevereiro, acontecendo sempre às segundas-feiras, na Paróquia Sagrado Coração de Jesus, na Vila Nova. Na Semana Santa, houve um intervalo.

Em sua exposição aos agentes, Dom Moacir buscou conscientizá-los sobre a missão de cada um no mundo. “Cada casal foi desejado por Deus e se está na Pastoral Familiar não é uma coincidência, mas o desabrochar de uma voca­ção que o Pai confiou cuidados. E cuidar não só da própria família, mas da família de Deus, que é a Igreja”. Em seguida, os agentes saíram para um momento pessoal de intimidade com Deus, por meio do silêncio e da oração pelos diversos espaços do CPDF. “Conscientes de sua missão, é importante que, neste momento de retiro, eles perguntem: O que o Senhor espera de mim?”.

Novos agentes têm o desafio de dar início à atuação da Pastoral Familiar nas comunidades da Arquidiocese de Goiânia

Em um segundo momento do encontro, os participantes foram chamados a perceber o modo como eles estão diante do projeto de Deus em sua própria vida pessoal. “Na vida conjugal também se concretiza uma missão, portanto, é importante que o casal não somente se empenhe em ajudar outros casais, mas também cuide da qualidade da sua vida matrimonial. “Como cada um está manifestando para a esposa, os filhos, os pais, este amor e esta presença de Deus? Pois o nosso primeiro compromisso é o testemunho”.

Cristiano Pena e Alcione Correia, da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, do Crimeia Leste, par­ticiparam de todos os encontros. Para eles, a for­mação foi muito importante para o próximo pas­so que pretendem dar em sua comunidade, que é a implantação da Pastoral Familiar. “O conjunto de palestras nos despertou para entender como funciona e quais são os propósitos da Pastoral Familiar. Agora, nós vamos começar o processo de implantação em nossa paróquia. O primeiro passo será disseminar para outros casais tudo o que aprendemos aqui para que eles também en­tendam que essa pastoral é complementadora de todas as outras”, afirmou Cristiano.

Fúlvio Costa