Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Notícias
  4. Conferências e debates marcam Jornada

07/10/2017

Conferências e debates marcam Jornada

Conferências e debates marcam Jornada - Notícias - Arquidiocese de Goiânia

Dando continuidade à Jornada da Comunicação 2017, que acontece desde ontem, no Seminário Regina Minorum, em Anápolis, os encontristas, logo no início da manhã, participaram da Santa Missa, presidida por Dom Messias Silveira, bispo de Uruaçu e presidente do Regional Centro-Oeste da CNBB. A missa foi celebrada em honra a Nossa Senhora do Rosário, cuja festa é comemorada neste dia. “‘Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo’. Assim foi a saudação do anjo à Maria. Nesta manhã, o Senhor também nos visita e nos pede que nos alegremos, pois ele está conosco. Essa é a comunicação que todo comunicador precisa levar às pessoas”, disse o bispo em sua homilia.

Logo após a missa, aconteceu a conferência “A vocação do comunicador”, ministrada por Dom Messias e padre Delton Filho. O bispo enfatizou que todo cristão precisa ouvir o que Deus fala, além de observar as atitudes, os gestos, as expressões faciais e o olhar das pessoas. Essa é a vocação do comunicador. Ao afirmar que todos os fiéis batizados são chamados a ser comunicadores, ele fez os seguintes questionamentos: “Precisamos sempre nos perguntar: ‘O que eu quero ser como comunicador? Onde Deus me quer? Como Deus me quer?’”. Ao dar continuidade ao tema, padre Delton destacou a graça do encontro. “Toda vocação é fruto de um encontro. Nós precisamos encontrar o código de comunicar de Cristo, para evangelizar melhor”, disse.

Ainda na parte da manhã, o professor Moisés Sbardelotto, doutor e mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), falou sobre o tema “Testemunho digital: um chamado para todos”. “As redes sociais digitais, como ambientes de construção da vida social, podem ser também ambientes de testemunho cristão a partir da nossa própria presença, que deve expressar ‘o que somos e aquilo em que acreditamos’”, afirmou. Citando o papa Francisco, ele convidou os presentes a enveredarem pelas estradas digitais, congestionadas de humanidade, e destacou também que o testemunho cristão tem que ser positivo, cheio de amor, alegre e surpreendente.

Após o almoço, foi dada a oportunidade para um enriquecedor debate com os palestrantes, Dom Messias, padre Delton e professor Moisés. Várias perguntas foram esclarecidas e levaram à reflexão os participantes do encontro. Logo após, cada representante pôde fazer uma apresentação de sua diocese, para falar sobre o que tem dado certo e quais os desafios enfrentados em suas pastorais de comunicação. E para encerrar a noite, o irmão Diego Joaquim falou sobre o Ano Vocacional Mariano, que vive o regional este ano.