Onde voce deseja procurar?

  • Arquidiocese
  • Paróquias
  • Clero
  • Pastoral
  • Liturgia
  • Cursos
  • Comunicação

Você está em:

  1. Home
  2. Comunicação
  3. Notícias
  4. Intenções do Papa Francisco

09/09/2017

Intenções do Papa Francisco

Confira as intenções de setembro

Intenções do Papa Francisco - Notícias - Arquidiocese de Goiânia

Qual o sentido desta oração?

Assumindo as propostas de oração do Santo Padre, somos chamados a viver a coerência entre a oração e a vida. Rezar é fundamental, mas deve transformar-nos, levando-nos a agir de acordo com a nossa oração. Rezar por estas intenções abre o nosso olhar e o nosso coração aos problemas do mundo, tornando nossas as alegrias e as esperanças, as dores e os sofrimentos de todos os nossos irmãos e irmãs. Fazê-lo como membro de uma rede mundial de oração torna presente no nosso quotidiano a universalidade da Igreja. Por isso, se recomenda que esta oração diária seja vivida de forma particularmente intensa na primeira Sexta-feira de cada mês, quando todo o Apostolado da Oração recorda a revelação do amor do Coração de Jesus por toda a humanidade. Nesse dia, para além da oração pessoal, recomenda-se a participação na Eucaristia, sempre que possível.

INTENÇÃO PELA EVANGELIZAÇÃO
Pelas nossas paróquias, para que, animadas pelo espírito missionário, sejam lugares de comunicação da fé e testemunho de caridade.

 ORAÇÃO

Senhor, nosso Pai, tu queres que a Igreja seja a presença visível do teu amor no meio dos homens.

Cada cristão é um discípulo enviado a anunciar, por palavras e por obras, a boa notícia do Evangelho.

A todas as paróquias é dirigido o apelo a que se tornem, cada vez mais, lugares de comunicação da fé e testemunho de caridade.

Nós te pedimos que a nossa paróquia seja esse lugar e que cada um de nós, dentro das suas possibilidades e responsabilidades, se sinta um membro ativo na missão de evangelizar.

DESAFIOS PARA O MÊS

– Ter como intenção, na Eucaristia dominical, as necessidades da paróquia e os seus desafios.

– Proporcionar espaços de reflexão sobre o testemunho eficaz dos membros da paróquia, a nível das obras de misericórdia que se podem fazer.

– Refletir sobre a adequação das oportunidades de formação na fé que a paróquia proporciona, em especial na catequese de adultos, jovens e crianças.